Cada um com seus problemas

  • 0
Poucos tão lá quando seu olho lacrimeja.
Muitos tão lá quando tem carne, whisky e cerveja.

Se é cada um por si, perdemos dessa vez.
Cada um por si que cairão cada um de uma vez.

Falam de humanidade, humanidade é quem?
Humanidade é nóiz,
Então sou eu também, e é você também.

Quantos egos infláveis estouraram e derrubaram pessoas descartáveis?
E vão dizer que todo mundo é igual,
Mais meu povo mal tem o ensino fundamental.

Eu faço a minha parte, da luta pela vida tô disposto a morrer.
Guiado por deus, vigiado por vermes.
Porcos vão atrás de você.
Me livrei das algemas.
Andei, andei, andei...
Agora é com você.
Porque esse mundo é cruel.
E aqui longe do céu.
Não tema!
É cada um com seus problemas.

Nenhum comentário: